sábado, 10 de setembro de 2016

Sakura Hiden - Capítulo Sete: Seção Três (Tradução)

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.


Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a terceira seção do capítulo sete abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução a partir do capítulo seis, seção dois, foi realizada para o inglês por hisokasasss. O tradutor dos capítulos anteriores era OrganicDinosaur, que deixou de fazer a tradução dos capítulos finais.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Sete: Seção Três

Ver a silhueta de Kido desaparecer enquanto ele era atraído por Sakura para as profundezas da floresta não pareceu intimidar Magire e sua expressão permaneceu firme e inalterada.

"Eu só vou prende-lo. Se você se render, não vamos te atacar." Disse Sai. Magire ajustou seu monóculo, e inclinou seu pescoço um pouco para o lado.

"Eu não sei o que você está tentando dizer. Eu não tenho a menor intenção de me render, e em primeiro lugar, não há necessidade de me entregar. Quando eu terminar com você, eu vou em direção a Kido como reforço. Ou, existe a possibilidade de Kido conseguir subjugar a menina e voltar para mim primeiro. Mas não importa, se continuar vocês irão perder. Isso é tudo", disse Magire enquanto colocava as duas mãos atrás das costas. Quando as mãos reapareceram, elas estavam segurando várias kunai.

"...O que são aquelas kunai?" perguntou Ino com um olhar duvidoso em seu rosto. 

Sai nunca tinha visto uma kunai como aquela. A lâmina usual da kunai que seria feita de aço era agora semelhante a um recipiente de vidro. Na ponta da lâmina, um líquido colorido estava derramando por dentro e ao redor. 

Magire jogou a Kunai.

Sai e Ino se dividiram e saltaram em direções diferentes. Todas as kunai perderam seu alvo, mas Magire alcançou suas costas novamente para pegar mais kunai. Ele deve estar guardando inúmeras kunai como armas ocultas.

Sai e Ino se moveram para frente e para trás para se tornarem um alvo mais difícil, no entanto Magire também se movimentou e disparou as kunai contra eles de todos os ângulos. Às vezes, uma kunai caia diretamente de cima e tentava encontrar seu alvo, fazendo seus adversários perderam o ritmo.

Ino rolou para a frente para desviar de uma kunai, e formou um selo enquanto rolava de volta.

Eu vou entrar, era o que Ino queria dizer – Sai poderia deduzir pelo olhar em seus olhos. Ino planejava usar a transferência de mente. 

Enquanto Ino se preparava para fazer a troca, Sai se moveu para impedir a visão de Magire. No entanto, o jutsu parece ter falhado. Ino parecia ter sido repelida por Magire, e ela desfez o selo com uma careta.

Sai abriu um de seus pergaminhos e passou o pincel sobre ele.

Técnica de Imitação do Deus Supremo, Fuujin Raijin!

Uma enorme imagem de 20 metros de altura se materializou e se levantou. Ela lançou uma sombra nos arredores e tudo escureceu.

"Você já está usando isso?", Perguntou Ino enquanto ela corria em direção a Sai.

"Este não é o momento de ser mesquinho com os nossos movimentos. Precisamos acabar com isso o mais rápido possível para que possamos chegar até a Sakura."

Magire saltou para trás, para se esquivar do punho gigantesco que caia sobre ele. No entanto, num ponto atrás dele Raijin o aguardava.

O pé de Raijin pisou diretamente em cima da cabeça de Magire. A terra tremeu, e um manto denso de poeira permaneceu no ar.

'Ele não deve ter sido capaz de se esquivar disso', Pensou Sai.

Quando a poeira lentamente se abaixou, Raijin levantou lentamente seu pé.

Não era o pé de Raijin que se levantava. Uma pessoa estava levantando o pé por baixo.

"O que diabos é isso...!", exclamou Ino.

A pessoa levantando o pé de Raijin com um único braço, era Magire.

Parece que ele tinha tomado a droga da besta de cauda. Um chakra roxo e fraco estava envolta de si, ao redor de seu corpo. Com o movimento mais ínfimo de sua mão, Raijin perdeu o equilíbrio e tombou. Em meio a terra tremendo e a poeira caindo, Sai e Ino pularam para trás e se agacharam para evitar a colisão.

Magire saltou em cima do peito de Raijin que estava caído, e sua fisionomia podia ser vista adequadamente pela primeira vez. Seu cabelo estava penteado para trás, e tinha um olhar muito intelectual sobre ele.

Magire levantou suas seis caudas, e apunhalou o peito de Raijin. Imediatamente, o corpo de Raijin explodiu, se revertendo em um spray de tinta.

"Eu também", veio a voz de Magire enquanto descia ao nível do solo mais uma vez "Não posso dar ao luxo de ser mesquinho com os meus movimentos. Isso é tudo". Ao terminar sua sentença, ele estendeu suas caudas que haviam formado uma ponta afiada.

Seu alvo era Ino. Ino reagiu e pulou, mas no meio do caminho as caudas mudaram sua trajetória e perseguiram Ino. Justamente quando parecia que Ino estava prestes a ser pega por uma das caudas, Fuujin pulou no caminho e a protegeu.

Ao ser esfaqueado pela cauda, ​​Fuujin também explodiu como um spray de tinta preta.

Assim como o Raijin, ao ser apunhalado ele simplesmente não se reverteu em tinta, mas parecia que tinha sido apunhalado por uma substância explosiva que a cauda injetou neles.

Magire não relaxou sua ofensiva. As seis caudas alternaram entre si, visando implacavelmente Sai e Ino. Além disso, atacava não só com as caudas, mas também começou a jogar as kunai venenosas novamente. Ino e Sai só podiam se esquivar, sem abertura para atacar.

Sai, usando a menor das aberturas, conseguiu jogar uma kunai com toda a sua força, mas ele errou o ombro de Magire que se esquivou completamente.

'Sai!'

De repente, Ino se jogou contra Sai, e os dois caíram no chão.

Imediatamente depois, uma cauda de chakra irrompeu violentamente para fora do solo diretamente abaixo do ponto onde Sai estava de pé. Ino tinha percebido que havia uma cauda escondida debaixo da terra e que estava prestes a atingir Sai.

"Desculpe", disse Sai, e Ino balançou a cabeça e disse a ele para não se preocupar.

"Nossa situação não é boa", Sai continuou "As coisas só vão piorar a partir daqui". Naquele momento, as caudas de Magire dispararam contra os dois. Esferas de luz foram disparadas das pontas das caudas.

Ino e Sai se separam e se esquivaram do ataque. As esferas atingiram o chão e explodiram.

'Talvez eu devesse chamar um pássaro e atacar de cima...' Sai pensou enquanto dava um olhar fugaz para o céu.

"Sai", veio a voz de Ino através de sua técnica de transferência de mente. "Eu tenho uma idéia e quero testa-la."

"Ideia?"

"Eu não sei se vai dar certo, mas é uma tática tipo 'tudo-ou-nada', mas..."

Os dois conversavam enquanto se esquivavam dos ataques intermináveis ​​de Magire.

"Entendi. Vamos tentar", disse Sai uma vez que Ino tinha terminado de dizer seu plano.

Os dois trocaram um olhar, e começaram a se mover simultaneamente.

Cada um deles jogou uma bola de fumaça, e um manto espesso de fumaça se expandiu para cobrir seus arredores.

A voz de Magire veio através da fumaça "Esforços inúteis! Isso é tudo!" Ele abanou suas caudas para afastar a fumaça. A cortina de fumaça diluía-se, e já não dava cobertura contra olhos curiosos.

Momentaneamente antes do manto de fumaça dispersar completamente, um tigre de três cabeças saltou na frente de Magire.

Magire lançou esferas de luz contra o tigre e ele instantaneamente se transformou em tinta. No entanto, por trás da tinta, Ino apareceu empunhando uma kunai.

O tigre de três cabeças era o peão de sacrifício, com o verdadeiro propósito do ataque ser a kunai de Ino. Além disso, essas eram as kunai cheias de veneno que Magire havia lançado anteriormente contra eles.

No entanto, Magire recebeu o ataque calmamente. Ele levantou uma única cauda ​​e as varreu para que pudesse atingir duramente as costelas de Ino.

"!" Ino foi atingida por trás, e caiu no chão. Ela não se mexeu depois disso.

"Ino!", Gritou Sai e pulou em Magire. Segurando a kunai, ele apertou sua mão ao redor dela e a lançou em cima de Magire.

Magire levantou a cauda como um escudo, mas naquele momento, Sai desapareceu em um respingo de tinta. Era um clone de tinta de Sai. A própria tinta se espalhou no rosto de Magire.

"Guh!"

O Sai original se aproveitou do momento em que Magire foi surpreendido, e lançou uma kunai no peito de Magire. No entanto, Magire moveu sua cauda em um arco, e rechaçou a kunai.

Sai saltou para trás rapidamente, e deu um passo mais uma vez em direção a Magire.

Naquele momento, inúmeras esferas de luz dispararam em direção a Sai.

Era uma avalanche, e Sai não podia desviar corretamente de todas. Ele foi atingido na lateral, e uma sensação de ardor espalhou-se através de sua ferida. Sai inconscientemente caiu de joelhos.

Magire falou com uma expressão vazia e indiferente, "Eu reconheço sua coragem em tentar me atacar dessa maneira, apesar de estar preparado para uma derrota honrosa, no entanto, vocês foram muito imprudentes e impulsivos. Isso é tudo."

"Estou muito feliz em receber o seu reconhecimento". Disse Sai, enquanto se levantava do chão e pulava em Magire mais uma vez.

Magire respondeu atirando esferas de suas caudas.

Sai se esquivou e se esquivou, suportando a dor de sua lesão.

"Você é irritantemente persistente. Isso é tudo."

Magire dividiu suas seis caudas em dois grupos de três. As pontas assumiram a forma de mãos humanas, feitas para agarrar Sai pela sua esquerda e sua direita.

Devido a lesão de Sai, sua reação foi lenta e seu corpo foi totalmente bloqueado pelas seis caudas. Sai tentou torcer seu corpo, mas ele não podia se mover.

"Realmente, agora... isso é tudo, acabamos." Enquanto Magire falava, uma única cauda se desvencilhou de Sai e passou por seus olhos.

A cauda começou a brilhar da mesma forma que fazia antes de disparar uma esfera de luz.

Naquele momento, Sai podia ver uma águia atacar violentamente Magire por trás.

A águia retirou uma kunai de dentro de suas garras. Era a que estava cheia de veneno, utilizada por Magire.

Magire notou a águia no ar, e virou a cabeça.

Pouco antes da águia colidir com as costas de Magire, ela mudou sua trajetória de voo. Muito rapidamente, com agilidade, como se só estivesse pairando. A águia começou a elevar-se aos céus mais uma vez, no entanto, a kunai lançada não estavam mais lá.

Agora, a kunai estava cravada nas costas de Magire.

"Kai!" Ino saiu de dentro da águia e voltou para o seu próprio corpo. Ela se levantou rapidamente de sua posição de bruços no chão. E correu em direção a Sai.

"Vocês... canalhas...!" Um lampejo de incerteza atravessou o rosto de Magire pela primeira vez.

"Estávamos preparado para uma derrota honrosa... e atacar consecutivamente... era apenas uma atuação, então, nós usamos um truque ao pegar uma águia selvagem emprestada. Isso é tudo." Disse Sai com a sombra de um sorriso cruzando em seu rosto... Fingindo estar inconsciente, e, em seguida, entrar na mente de uma águia... era a decisão certa para concluir o plano de Ino.

"Quando Sai jogou a kunai em você, você não tentou repeli-lo com o seu manto de chakra, ao invés disso, se esquivou. Isso significa que seu manto de chakra pode ser perfurado por uma kunai. É por isso que eu pensei que seria um bom plano te atacar com uma kunai de veneno, pegando você de calça curta."

"Fuhaha." riu Magire. "...É bom quando se é capaz de triunfar sobre alguma coisa. No entanto, você está se esquecendo de uma coisa. Aqueles que usam veneno, geralmente carregam o antídoto com eles para que eles mesmos não morram com seu próprio veneno. Contanto que eu tome o antídoto agora..."

"Seria bom se seu antídoto realmente funcionasse, sabe?", Disse Ino enquanto sorria.

"...?"

"Essa kunai que foi cravada em você agora, de fato era uma que eu peguei emprestada de você. O veneno que ela contém, no entanto, é um anestésico de minha própria autoria, que foi trocada pelo conteúdo original."

"...Eh?" Murmurou Magire.

Quando eles haviam usado as cortinas de fumaça, Sai tinha usado esse tempo para preparar um tigre e um clone de tinta, enquanto Ino estava ocupada trocando o conteúdo da kunai cheia de veneno.

O anestésico de Ino estava começando a fazer efeito, e o corpo de Magire começou a tremer.

"Impossível... essa... essa tática estúpida..."

Junto com Magire o manto de chakra que envolvia seu corpo também se tornou instável. Ele começou a ondular, expandindo e se afastando mais e mais.

Sai se moveu para fazer o movimento final. Tirando um pergaminho e o seu pincel, mais uma vez, ele desenhou uma imagem gigantesca.

Fuujin, Raijin!

As duas figuras colossais que apareceram olharam para Magire. De dentro das vastas sombras em baixo do Fuujin e Raijin, Magire tinha um olhar de medo em seu rosto. As seis caudas que estavam ondulando vigorosamente ao redor até agora, estavam todas estiradas no chão.

Raijin recuou a perna.

Magire, que perdeu o controle sobre seu corpo há muito tempo, não poderia esquivar-se do chute que se aproximava. Começando como um pequeno chute, Magire saltou e caiu várias vezes pelo chão. No ponto onde Magire parou de ímpeto, o pé de Fuujin pisoteou. A terra tremeu e depois parou.

'Ele deve ter sido atingido desta vez'. Sai e Ino correram para a base do pé de Fuujin. Fuujin ergueu o pé, e a figura de Magire poderia ser vista de onde a terra tinha afundado. Ele estava completamente inconsciente e o chakra das bestas de caudas haviam desaparecido, mas...

"Ele não está morto, mas está quase lá"Disse Ino.

"Nós temos que nos encontrar com a Sakura, rápido". Disse Sai, e os dois deuses colossais retornaram às suas formas de tinta. Sombras escuras de repente desceram perto deles. 'Eram grunhidos de Kido de novo, talvez?' Ino e Sai instintivamente formaram uma postura combativa enquanto as sombras se aproximavam, mas eles estavam errados.

"Sensei!!! Naruto e Hinata também!!", Gritou Ino.

Lá estava Kakashi, Naruto e Hinata com seus equipamentos de missões habituais.

"Quando Hinata foi visitar o túmulo do Neji, ela viu Kakashi sensei sem o traje de Hokage, ela pensou que algo poderia ter acontecido então seguimos ele", Disse Naruto.

"Eu falei com o Raikage, e pensei que viria até aqui como um reforço para vocês, mas quando eu estava me preparando eu fui descoberto por estes dois. Ele não ficou feliz em saber que estes dois estavam vindo em uma missão tão perigosa e tão perto de sua data de casamento, mas vocês sabem como é, não importa o quanto eu diga para eles não virem, eles vão vir de qualquer jeito, então é isso..." Disse Kakashi enquanto ele sorria ironicamente e desviou o olhar para o chão. "Então esse é Magire? Eu vejo que vocês o prensaram muito bem."

"Estou impressionado que vocês conseguiram localizar este lugar." Disse Sai, e Kakashi levantou seu olhar mais uma vez.

"Eu podia sentir enormes picos de chakra confrontando-se aqui, então eu tinha uma vaga ideia da direção geral. O restante foi com o byakugan de Hinata."

"Onde está a Sakura-chan?", Perguntou Hinata ansiosamente.

"Ela deve estar lutando com Kido neste exato momento". Respondeu Ino.

Kakashi olhou para a floresta profunda. "Eles estão lá dentro...? É melhor nos apressarmos."

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...