domingo, 4 de outubro de 2015

Sakura Hiden - Capítulo Um: Seção Quatro (Tradução)

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.


Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a quarta seção do capítulo um abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução foi realizada pela equipe Sasusaku Brasil, e revisado pela NarutoProject/Naruto News.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Um: Seção Quatro

Página 31

No dia seguinte, elas atravessaram os portões de entrada. Sakura e Ino haviam partido para a Vila Oculta da Areia.

A Vila Oculta da Areia no País do Vento era localizada à oeste da Vila Oculta da Folha no País do Fogo. Saindo da vila, elas atravessaram o deserto e um mar de árvores. Para, além disso, estaria a Vila Oculta da Areia.

Se elas se apressassem, elas poderiam chegar lá em três dias; mas por agora, não era uma emergência. Elas não pretendiam viajar deslocando-se em alta velocidade. Elas tinham informado aos oficiais dentro da Vila Oculta da Areia que estavam pretendendo chegar quatro dias mais tarde.

Uma vez que o clima também estava calmo, elas se moveram confortavelmente à vontade. As duas estavam vestindo roupas da missão. Elas estavam ocasionalmente conversando enquanto se lançavam pelo deserto.

"Temari-san e Shikamaru têm sido muitos suspeitos, não?"

Ino começou a falar. Elas haviam deixado a vila e estavam se movendo por aproximadamente duas horas.

Sakura olhou para o rosto de Ino. Ela estava expressando um sorriso travesso. Seu lindo cabelo até a cintura agora estava amarrado.

"(Quando você disse) 'suspeito', isso é..."

"(Você não tem a impressão de algo como se): 'Eles estivessem saindo, certo?' "

"Sério!?"

"Aham. Eu quero dizer que eles estão saindo."

"Essa é uma afirmação ousada."

Elas estavam conversando enquanto corriam, mas a respiração delas não foi afetada.

Página 32 e 33

Ino continuou. 

"Hey, sobre a Temari-san, ela ocasionalmente vem a Konoha para negócios, certo?"

"Bem, é por isso que ela está no comando da diplomacia de Suna, certo?"

"Mas por outro lado, eu os vi... Shikamaru e Temari estavam andando lado a lado."

"Esse tipo de coisa?" Sakura riu.

"Isso não é particularmente incomum, certo? Talvez eles estivessem conversando sobre trabalho."

Shikamaru também tinha uma posição importante em Konoha. Além de ser responsável pela diplomacia com os outros países, ele era de estar secretamente em contato (com seu pessoal). Na verdade, ocorreu até mesmo de Sakura ver os dois andando juntos pela vila em várias ocasiões.

"Mas esse tipo de coisa (não é o único incidente). Como eu deveria colocar? A atmosfera parecia como se eles fossem um casal de namorados, certo? Mas não é como se eles estivessem de braços dados, particularmente. Eram suas expressões faciais. E você não (sente algum tipo de romance) oscilante sobre eles? Quando eu os vi no outro dia, eles estavam assim. Eu os teria chamado, como sempre faço, mas eu hesitei na época. No final, eu não os chamei mesmo."

"Entendo... Temari-san com Shikamaru, eh?"

Mas como combinação, não foi tão inesperada, afinal? Ela poderia dizer que honestamente se sentia desse jeito.

De uma forma ou de outra, era o destino para os dois. Durante o Exame de Seleção Chuunin, eles tinham se defrontado como oponentes. E de novo, durante a missão de recuperar Sasuke, quando Shikamaru lutou contra Tayuya da Vila Oculta do Som: Temari apareceu com ordens para ajudá-lo.

Mesmo depois disso, você não saberia se a vila tinha mudado apenas olhando para ela. A relação deles estava se entrelaçando: parecia que com as missões e trabalho, e além de experimentar a grande guerra... O clima entre os dois era diferente do que apenas só amizade. Estava inclinado para outra coisa. Então, não é estranho depois de tudo.

"Quando nós chegarmos, eu deveria perguntar a Temari-san sobre essas circunstâncias?"

Enquanto Ino falava, ela estava soltando risadas.

"Isso é quando (você deveria) parar. Ela irá te golpear com aquele leque gigante."

"Ahhaha, ela certamente iria-"

A conversa tola delas foi bem agradável.

"Todo mundo está no seu auge, certo? Mas, além de Shikamaru, Chouji não continuou o mesmo? Como esperado, ele ainda está colocando seu apetite antes do romance, certo?"

Sakura tentou perguntá-la. 

"Não, não... Esse não é realmente (o caso)." Respondeu Ino.

(A expressão facial) de Ino indicava que ainda era uma informação confidencial, Ino então continuou.

"É a Karui-san da Vila Oculta da Nuvem"

"Você está mentindo!"

Página 34 e 35

Isso foi inesperado.

"Bem, como eu deveria dizer... é alguém que ele tem sentimentos intensos?"

"Está certo. De algum modo, Chouji recentemente e excessivamente (tem achado) razões para ir a Vila Oculta da Nuvem. Porque ele ansiosamente quer ir lá. Ele está trabalhando nos detalhes enquanto pensa entre as refeições. E então ele disse― [Realmente, é que... Eu prometi a Karui-san encontrá-la para uma refeição]. Ele disse isso enquanto estava inquieto."

"Seria apenas uma questão de tempo, certo?" Ino disse enquanto acenava de forma intuitiva.

"Então é isso?" Sakura também assentiu. De repente, algo veio a sua mente. Ela queria tentar perguntar sobre isso.

"Além disso, como as coisas estão indo para você Ino? Atualmente... o que está acontecendo em sua vida amorosa?"

Desde a infância, Sakura e Ino foram francamente rivais pelo coração de Sasuke. No entanto, como elas amadureceram juntas, parece, contudo que Ino pulou fora dessa corrida.

Por agora, em quem Ino estava pensando? Ou em quem ela não tinha pensado? (Sakura) queria saber.

"Mmm... Bem, há alguém (que eu estou interessada)."

Ino respondeu de uma maneira embaraçada e tímida.

"Eh, você tem um namorado?"

"Err... Não, eu não sei. É porque eu penso bem nele, então é alguém (em que estou interessada)."

"Ehh~!"

Sem querer, Sakura se aproximou do lado de Ino.

"Eu não sabia nada disso. O quê? Quem é?"

"Você está realmente afundando suas presas nisso, não é Sakura?"

"Mas isso está em minha mente. Eu quero uma dica. Uma dica!"

"Uma dica, eh?"

Ino pensou um pouco sobre isso. Seu rosto estava um pouco corado.

"... é alguém que é habilidoso em desenhar."

"Não, essa ainda não é uma resposta!"

Sakura então replicou.

"Humph. Eu entendo... então é o Sai?"

"Mas não é nada surpreendente. certo?"

"Bem... (não realmente)."

Sai era o substituto de Sasuke dentro do Time 7. Quando Sai foi incorporado pela primeira vez no Time 7, Ino se interessou por ele. Ela mostrou (esse tipo de) atitude em relação a ele. Ino tinha dito que ele se parecia um pouco com o Sasuke-kun por causa de sua atratividade.

Página 36 e 37

"No começo, ele não era um cara com uma boa aparência ao menos? Mas eu não sei explicar o sentimento. Agora, eu estou completamente (na dele)... Eh, o que é isso? Eu não acabei... de dizer muitas coisas terrivelmente embaraçosas? Qu-!, Oi-!"

"Se acalme, se acalme..."

Sakura perguntou enquanto acalmava Ino:

"Bem, a propósito... você não confessou seu amor?"

"Sobre isso... bem, eu ainda..."

A voz de Ino se tornou pequena. Aquela situação foi surpreendente para Sakura.

Nos relacionamentos com outra pessoa, é uma situação relativamente honesta: Se você decide imaginar (alguma coisa), você poderia imediatamente realizar seus planos. Ino tinha uma imagem (do que ela pretendia fazer). Mas agora no caso de Ino, de alguma forma parecia ser um cenário diferente.

"(Eu deveria dá-lo) lavanda? Ou a flor corniso?... Estou indecisa.¹"

Disse Ino.

"Lavanda? Corniso?"

"Yup... Na linguagem das flores, lavanda significa 'Eu irei te esperar'. Quanto ao corniso, significa 'aceite meus sentimentos' na linguagem das flores. Quando eu deveria mostrar ao Sai a atmosfera dos meus sentimentos?... Eu deveria estar esperando por ele? Ou talvez assim... eu deveria fazer minha confissão com um 'bashii' (/pancada súbita)?... É preocupante agora (para mim)."

"(Oh, eu entendo o que você quer dizer)."

Ino de fato era filha de uma florista, uma vez que ela estava dando explicações com a linguagem das flores.

"Mas Ino... eu acho que sua imagem (é mais como um) corniso."

Sakura estava tentando dizer isso. Ino também assentiu.

"Não é?... É como minha personalidade, certo?..."

Bem... Ela disse que estava preocupada. Ino tinha colocado sua mão em (sua própria) testa. De alguma forma, parecia um pouco doce (vê-la agindo assim).

'Enquanto a minha situação'... Sakura de repente estava pensando:

―É lavanda, eu suponho... Claro que é...

'Aceite meus sentimentos'... Não importa (o quanto) ela tentou dizer isso, Sasuke estava longe de casa.

Quanto a Sakura, ela apenas podia esperar agora.

No entanto, ela estava pensando:

―Quanto tempo eu irei esperar...?

Nota¹ - a família Yamanaka possui uma floricultura em Konohagakure no Sato.

Um comentário:

  1. Esta muito boa essa historia tomara q conte o q eles passaram 'sasuke e sakura' ate ter a Sarada

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...